«

»

Fev 27

Novas imagens da tempestade de Saturno


O planeta Saturno e a sua tempestade vistos pela Cassini a uma distância aproximada de 2,164 milhões de quilómetros. Composição em cores naturais obtida pela combinação de 3 imagens captadas a 25 de Fevereiro de 2011 pela câmara de grande angular, através de filtros para o vermelho (648 nm), o verde (567 nm) e o azul (460 nm).
Crédito: NASA/JPL/Space Science Institute/composição a cores de Sérgio Paulino.

Na semana passada, a sonda Cassini dedicou toda a sua atenção a Saturno e às nuvens que se agitam na sua violenta atmosfera. Apesar de ter centrado as suas câmaras nas latitudes mais a sul do hemisfério norte, a Cassini conseguiu recolher magníficos detalhes da cauda da grande tempestade que se encontra em actividade desde Dezembro passado.


Estrutura intrincada das nuvens que marcam a fronteira entre a cauda da grande tempestade e as regiões mais calmas a sul. Mosaico composto por 7 imagens captadas a 24 de Fevereiro de 2011 pela câmara de ângulo fechado da sonda Cassini, através de um filtro para o infravermelho próximo, banda média de absorção do metano (727 nm). Reparem como o rápido movimento das nuvens dificultou o perfeito alinhamento das imagens no mosaico.
Crédito: NASA/JPL/Space Science Institute/Sérgio Paulino.

A estrutura principal da tempestade foi fotografada há poucas horas, pelo que deverão estar disponíveis hoje ou amanhã no site da missão novos pormenores deste impressionante fenómeno. Fiquem a aguardar por mais novidades!

Acerca do autor(a)

Sérgio Paulino

Sérgio Paulino licenciou-se em Análises Clínicas e Saúde Pública e fez o seu percurso profissional por algumas áreas do diagnóstico clínico laboratorial, incluindo o diagnóstico de anomalias cromossómicas. Actualmente realiza numa instituição pública o estudo e monitorização de Cianobactérias e toxinas associadas em albufeiras portuguesas. Interessa-se por diversas áreas da ciência, mas nutre uma paixão especial pela Astronomia. Tem um fascínio particular pela exploração do Sistema Solar, pela descoberta de outros sistemas planetários, e pela possibilidade de existência de vida extraterrestre.

1 comentário

  1. Denise Selmo

    Essa imagem é simplesmente maravilhosa!!!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>