«

»

Jul 18

Pronta para extraterrestres

O título deste post faz parte de uma música de Katy Perry, sobre extraterrestres. Prestem atenção à letra.

Em baixo fica um vídeo com a letra em Português.

http://youtu.be/gXz4FgPcpWk

Acerca do autor(a)

Conceição Monteiro

3 comentários

  1. Dinis Ribeiro

    E se os extraterrestres tiverem cinco sexos diferentes?
    http://en.wikipedia.org/wiki/Anne_Fausto-Sterling
    A. Fausto-Sterling (1993). “The Five Sexes: Why male and female are not enough”

    Na sequência da velha pergunta sobre o sexo dos anjos, um desafio curioso era coligir dados vindos de todas as obras de ficção e ver qual é o sexo que estatísticamente é mais atribuído aos extraterrestres… Muitas vezes asexuados, mais raramente hemafroditas…

    Duvido que um censos indique 50% para cada sexo. Curiosamente, as extraterrestres femeninas são frequentemente meio-diabólicas como em http://en.wikipedia.org/wiki/Species_(film)

    A Katy Perry parece ter um vestido de noiva, um anjo “em queda” vinda dos céus… o que pode corresponder á sua educação católica, mas depois, no fim do video, curiosamente, até parece um sátiro…. com patas de gazela. http://en.wikipedia.org/wiki/Hypersexuality …. divided into satyriasis for males and nymphomania for females.

    Aquela paisagem pós apocaliptica faz-me pensar que quem fez o video, ou mesmo a Katy pode muito bem ter uma cópia do livro de banda desenhada de ficção científica entitualdo CARAPACES de Luc & François Schuiten
    http://www.wook.pt/ficha/les-terres-creuses-t-1-carapaces/a/id/7619337 e há também com uma outra capa ligeiramente diferente http://heavyink.com/graphic_novel/2245-Carapaces

    A referência ao veneno lembra-me o filme http://en.wikipedia.org/wiki/Liquid_Sky

    O “ser” de quem ela gosta no video, lembra-me uma versão do Pinóquio http://en.wikipedia.org/wiki/Pinocchio parcialmente “misturada” com o A.I. em que o Gigolo Joe (http://en.wikipedia.org/wiki/A.I._Artificial_Intelligence) foi deitado prara o lixo, e em que o amor dela faz com se transforme em algo mais “humano”. Afinal já existe um (grande?) contacto entre a humanidade e um certo tipo de máquinas que “vibram”, ou que emitem luz em “certos comprimentos de onda”. É uma verdadeira indústria.

    Numa possível interpretação, o “Alien” afinal é apenas um Bicentennial Man http://en.wikipedia.org/wiki/Bicentennial_Man_(film) e ela é que é a extraterrestre.

    Parece-me mais uma ode á hibridização….
    http://en.wikipedia.org/wiki/Hybridisation
    “Ode” in Eastern Orthodox liturgics refers to one of the Canticles in a Canon (hymnography)

    …e a (undeniable, como diria a Katy) xeno-atracção (http://en.wikipedia.org/wiki/Xenophilia) é talvez tratada dum modo mais indirecto, e também é muito curioso que a wikipedia (no link referido) saliente os aspectos negativos desse tipo de “inclinação” citando George Washington:

    “Such an attachment of a small or weak towards a great and powerful nation dooms the former to be the satellite of the latter”

    Essas pequenas “reservas” ou dúvidas lembram-me a problemática desta série de TV http://en.wikipedia.org/wiki/V_(science_fiction) e até mesmo um filme holandês de 2006 http://en.wikipedia.org/wiki/Black_Book_(film)

  2. Dinis Ribeiro

    Há uma “terceira personagem” no video, que vai na tal nave esférica que tem 4 antenas (como o sputnik) e que poderá ser entendida como representando os meados do século passado, com alguns dos “homens da terra” que andam “activamente” ver se encontram “aliens” para irem “beber um copo” para “desinibir” e passar um bom bocado.

    Neste link (http://en.wikipedia.org/wiki/Katy_Perry), pode-se ler “MTV mentioned criticism suggesting that Perry is using “bi-curiosity” as a way to sell records”…

    Poderá talvez ser que agora se trate duma “tri-curiosity”, neste caso pelas “máquinas”.

    Se virem o filme “Demon Seed”, talvez concordem que a Juile Christie responde com uma expressão facial “peculiar”, quando o supercomputador lhe propôe que ela lhe dê um filho.

    Voltando á “terceira personagem” o Rapper Kayne West que penso que faz de “terrestre”.
    http://en.wikipedia.org/wiki/Kanye_West
    In December 2006, Robert “Evel” Knievel sued West for trademark infringement in West’s video for “Touch the Sky.” Knievel took issue with a “sexually-charged video” in which West takes on the persona of “Evel Kanyevel” and attempts flying a rocket over a canyon.

    The suit filed in federal court claims infringement on his trademarked name and likeness. Knievel also claims the “vulgar and offensive” images depicted in the video damage his reputation.

    O Kayne West lá acabou por sanar o conflito com o E. Knievel, e agora, talvez aproveitando uma certa imagem de “bad boy”, colabora com a Katy Perry

    O que ele canta é isto:
    They callin’ me an alien / A big-headed astronaut ; I know a bar out in Mars / Where they driving spaceships instead of cars ; Imma disrobe you then imma probe you / See, I abducted you so I tell you what to do.

    Para mim, a personagem simboliza o “lado negro” do turismo espacial http://en.wikipedia.org/wiki/Sex_tourism por oposição a outras “maneiras de estar” como esta, por exemplo: Their efforts were criticized by many as a private interference with international space policies. Their desire to sell ticket to space as part of a “citizen explorers” program was ridiculed by NASA and its supporters. http://en.wikipedia.org/wiki/MirCorp

    Por outro lado, há um “assunto quente” que está “no ar” e que para mim torna o video dela (mesmo) muito actual:

    Virgin Galactic Maintains Virginity
    http://www.dailytech.com/Virgin+Galactic+Maintains+Virginity/article13121.htm
    Virgin Galactic has reportedly turned down an offer of a cool $1 million to film a porn video during the five minutes of weightlessness the trip offers passengers.

    Para além do que esta personagem canta, parece um bocado uma coisa “no ar” no sentido de que ele está no centro de uma esfera sem fazer nada (comtemplação narcíssica?) e a nave lembrou-me (a microgravidade) a que é usada neste filme: http://en.wikipedia.org/wiki/Fire_in_the_sky em que se trata duma “Classic Abduction”

    Aliás, enquanto a Katy se aproxima da terra, ela interroga-se se é um anjo ou um demónio o tal “alien” e parece-me que a esférica nave azulada (que quase parece um carro de Tuning http://en.wikipedia.org/wiki/Car_tuning) lhe passa “completamente ao lado”.

    Um detalhe nos materiais que cobrem a terra, e que não são apenas “glitter” mas sim lixo, é que a caixa dos óculos diz “Human Sunglasses circa 2011″. Isso pode significar que foram robots “inteligentes” que se deram ao trabalho de os guardar num museu.

    Museu esse em que arquivaram também uma cópia das “melhores” emoções humanas.

    As pernas da criatura alienígena que ela acaba por escolher lembram-me os filmes do Tim Burton, e em particular, este: http://en.wikipedia.org/wiki/Edward_Scissorhands

    Aquela estrutura luminosa no centro da criatura de que ela gosta, lembra-me uma lágrima, (ou uma gota de água, num mundo tão “seco”) e é algo que contrasta bastante com o “estilo” da tal terceira personagem, que tem outra coisa ao peito.

    Poderá ser talvez um símbolo para este tipo de ideias: http://en.wikipedia.org/wiki/Affective_computing

    Ao fim ao cabo, parece-me que a Katy extraterrestre prefere um robot… isto mesmo depois de ficar “humano”. Para mim, a escolha dela ainda tem tom de pele vagamente parecida com o androide “Data” do Star Trek New generation.

    Esta “atracção pelas máquinas” será mais antiga do que se possa pensar.
    Lembro-me do “Homem da Regisconta”, o tal que é “Aquela Máquina!”

    Ainda hoje se usa a expressão “É uma autêntica máquina!”, no desporto para certos atletas com performances, sobre-humanas.

    Fernando Girão é quem grita “Aquela Máquina” (de calcular) no famoso reclame da Regisconta. http://www.truca.pt/artes_e_artistas_material/regisconta_material/regisconta.html

  3. Dinis Ribeiro

    Será que os “aliens” teriam de se dar ao trabalho de raptar seja quem fôr, ou será que algumas pessoas seriam raptadas pelos terrestres para serem “oferecidas”?

    Sugiro:

    1) http://en.wikipedia.org/wiki/Human_sacrifice

    2) http://en.wikipedia.org/wiki/King_kong

    3) Não vi este filme… Alguém viu?
    http://www.imdb.com/title/tt0096784/ Alien Seed (1989)

    4) Alguns dos fatos iniciais da katy, antes dela ficar “vestida de branco,” lembram-me muito um filme sobre raptos e sobre a utilização de “novas tecnologias” para resolver o assunto. Há também alguns “visual memes” com uma espécie de “dança dos sete véus” em ambos os casos: http://en.wikipedia.org/wiki/The_Cell

    5) A questão pode ser “estudada” em termos históricos:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Raptio

    6) When Aliens Attack – Futurama
    http://en.wikipedia.org/wiki/When_Aliens_Attack
    Lrrr shows the world a photo of the McNeal they want, and Fry recognizes her as Jenny McNeal, the title character of Single Female Lawyer.

    7) Por último, há uma música +/- sobre “este assunto” que sempre me impressionou muito: “Geni e o Zepelim”
    http://letras.terra.com.br/chico-buarque/77259/
    Não creio que esta seja a versão censurada da canção…
    Músico: http://pt.wikipedia.org/wiki/Chico_Buarque

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>