«

»

Dez 13

Extraterrestres Antigos

O canal História anda a passar uma série chamada “Ancient Aliens“, que é baseada na “Ancient Astronauts Theory“.
Este canal tem tido uma programação decadente (e não é só este), mas esta série provavelmente bate o recorde de maior número de imbecilidades ditas por episódio (e antes que me perguntem: sim, já vi vários episódios).
Como disse Goebbels (ministro da propaganda do Hitler): quanto mais disparatada fôr a mentira, mais as pessoas caem nela. Este programa, com a enorme audiência que tem, é um exemplo perfeito disso.

A estrela do show é um tal de Giorgio Tsoukalos, um crente (oposto a conhecimento) em qualquer explicação extraordinária só porque não quer perder alguns minutos a tentar procurar conhecimento sobre esse assunto.
E, claro, também gosta de fazer dinheiro à custa dos crentes naquilo que ele diz. Estas seitas religiosas têm todas o mesmo objectivo.

Camille Cracciola, Richard Feynman, Richard Dawkins, Carl Sagan, James Oberg, Bertrand Russell, J. Robert Oppenheimer, Virginia Gildersleeve, Harold T. Stone, Max Radin, Stephen A. Kallis Jr., e muitos outros, disseram:
“Keep an open mind, but not so open that your brain falls out” – Tenha uma mente aberta, mas não tão aberta que o cérebro caia.

No caso do Giorgio, já não vai a tempo…

Como se percebe, o programa é uma porcaria…

Se existem lagartos e formigas na Terra, então, para ele, é possível que os extraterrestres se pareçam dessa forma também.

Se hoje pode existir um cão de 2 cabeças e com 4 pernas, então no passado é possível também ter existido, e sido ET.

Se alguém desenhou um pássaro amarelo… então só pode ser extraterrestre.
Birds are not made out of metal… Therefore aliens.

Estes são somente alguns exemplos, mas muitos mais existem.

Se ele estivesse a falar do Pai Natal diria: será possível que milhões de pessoas no mundo estejam enganadas? Não. E será possível que um Pai Natal possa entregar todas as prendas numa só noite? É. O Pai Natal é extraterrestre.

Notem bem que ele faz as perguntas e dá ele próprio as respostas… que é um sintoma de que não está interessado em conhecimento que venha do exterior.

Notem também que ele fala sempre em “possível”, e não em “provável” que é a pergunta científica, a pergunta racional, a pergunta que todos os dias utilizamos por milhares de vezes para lidarmos com o dia-a-dia… como podem ler neste post.

Será possível atravessarem uma parede de cimento? É. Será provável? Não.
Será possível que foram unicórnios invisíveis voadores que me pararam o carro na auto-estrada? É. Será provável? Não. Ao saber mais sobre o problema, percebo que me faltou a gasolina.
Será possível que o Sol seja somente um deus com uma lanterna? É. Será provável? Não. Basta estudar o Sol.

Mas ele fica-se pela pergunta do possível. Isto é um dos indicadores que se está na presença de um pseudo – uma pessoa que nada percebe daquilo que está a dizer, uma pessoa que não quer saber do conhecimento, uma pessoa que põe a sua própria crença acima da realidade, e uma pessoa que pode ter o único intuito (consciente ou inconscientemente) de ludibriar as pessoas.

Acerca do autor(a)

Carlos Oliveira

Carlos F. Oliveira é astrónomo e educador científico.
Licenciatura em Gestão de Empresas.
Licenciatura em Astronomia, Ficção Científica e Comunicação Científica.
Doutoramento em Educação Científica com especialização em Astrobiologia, na Universidade do Texas.
Criou e leccionou durante vários anos um inovador curso de Astrobiologia na Universidade do Texas.
É actualmente Research Affiliate-Fellow em Astrobiology Education na Universidade do Texas em Austin, EUA.
Trabalhou no Maryland Science Center, EUA, e no Astronomy Outreach Project, UK, recebeu dois prémios da ESA, e realizou várias palestras e entrevistas nos media.

73 comentários

24 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Maria João Pratt

    Sei que sou chata, mas volto a bater na tecla dos unicórnios voadores… :P

    1. Ana Guerreiro Pereira

      só se forem invisiveis e cor de rosa! :D

  2. Nuno Pinto de Carvalho

    Boas,

    O estranho é que sempre que falam nesse Giorgio Tsoukalos, não só neste programa, mas como outros também, apresentam-no como grande conhecedor das áreas da física e da astronomia. Varias vezes que eu cheguei a pensar que ele era um astrofísico ou alguma coisa do género… Ele tem aparecido bastante nos programas científicos do canal História (programas relacionados com ETs e vida inteligente extraterrestre). Daí as pessoas darem-lhe credibilidade.

    Abraço,
    Nuno

    1. Ana Guerreiro Pereira

      “with a degree in sports information and communication.” ;D ou seja, de Ciência, népias. E foi o proponente da ideia dos ancient astronauts a interagir com os ancient humans. Tudo o que faz é para angariar dinheiro e seguidores, pelos vistos… :(

    2. Carlos Oliveira

      O Canal História deve andar a desencantar esses “especialistas” num universo paralelo :P

      1. Audie

        Caro Carlos,o estranho é que vc nao mostra seu rosto como o Giorgio mostra e se vc me responder 1/4 das questoes da antiguidade,como formação das piramides,stonehhage,algumas perguntas do erinvon danikken,vou te dar credibilidade,agora mostra a cara como os caras mostram,mesmo que isso gere polemica.

      2. Carlos Oliveira

        Caro Audie,

        Tem que estar mais atento. Sugiro que aproveite o tempo que perde a fazer comentários destes, para procurar a informação.

        A minha cara está aqui no astroPT em *milhares” de posts, como por exemplo aqui:
        http://astropt.org/blog/2009/06/21/carlos-oliveira-na-rtp/
        E, já agora, não é a cara que transmite credibilidade, mas sim o conhecimento da pessoa.

        Não, não vale a pena responder a 1/4 das coisas, porque a verdade é que 100% do que eles dizem é mentira, porque é baseado nas falácias explicadas neste post.
        Quanto aos factos em si, sugiro que estude história, antropologia, paleontologia, etc – tudo aquilo que nenhum dos vigaristas do programa estudou -, e fica a saber quais são os factos, qual é o conhecimento.

        Muitas das coisas que se sabem, já estão explicadas neste vídeo (responde-lhe a muitos mais que 1/4):
        http://astropt.org/blog/2012/10/06/desmistificar-os-extraterrestres-do-passado/

        abraços

  3. Marco

    Além disso, o tipo não penteia o cabelo desde os tempos dos Antigos Astronautas hehehe

  4. Marina Frajuca

    Bom dia Carlos,

    Por acaso a semana passada tb vi um episódio, até nem estava a prestar muita atenção a televisão, mas quando ouvi falar em aliens, fiquei mais atenta.
    O episódio era concretamente sobre o 3º Reich, se alienígenas visitaram mesmo a Terra no passado, pode ser que tenham nos deixado sua avançada tecnologia. Esta tecnologia pode ter ajudado o Terceiro Reich a construir armas misteriosas além dos limites da ciência do século XX. Durante a Segunda Guerra Mundial, houve informação de que os alemães construíram um “Disco Voador Operacional”, conhecido como “Hanebu”, utilizando uma tecnologia encontrada em antigos textos indígenas. Há ainda rumores de que outra nave foi construída com a ajuda de videntes e médiuns que afirmaram ter recebido informações detalhadas de seres extraterrestres. É possível que o desejo de Hitler de dominar a Terra tenha contado com a cumplicidade de tecnologia alienígena?
    Mas a melhor foi a de que Sodoma e gomorra foram destruidas por um disposito nuclear trasido por aliens. Escusado será dizer que me fartei de rir, mas é triste que um canal destes não façam selecção do material que passa.
    http://www.phdcomics.com/comics/archive.php?comicid=1452

    1. Ana Guerreiro Pereira

      O canal história é só asneiras… :(

      E eu juro que pensava que a personagem em questão (Giorgio) estava a gozar!!! LOOOOL que era um actor a gozar ou algo assim :D :D :D LOOOOL

    2. Carlos Oliveira

      Pois… essa do Hitler ter tecnologia extraterrestre, de civilizações milhares de anos mais avançadas que nós e que até viajam entre estrelas… e depois perder com gajos que praticamente andam a atirar pedras… só cabe na cabeça dos conspiradores… porque, lá está, viram demasiados filmes de ficção científica, e assumem que os Humanos ganham sempre, mesmo tendo tecnologia da idade da pedra comparando com os aliens ;)

      Quanto a Sodoma e Gomorra, até falo nisso nas minhas aulas :P. Há tantos buracos nessa ideia que dá pra discutir durante largos minutos :D

  5. Walker Pt

    E este até foi um dos canais que me levou a ter cabo (por acaso aqui satélite), mas ultimamente pouco vejo dele e pergunto-me qual é a credibilidade que devo atribuir aos outros temas que apresentam, tornou-se um canal quase como o velhinho jornal do incrível, enfim eles lá sabem.

    1. Carlos Oliveira

      Sabes que eu tenho a mesma dúvida sobre outros programas deles… porque são temas que não domino tanto e podem me estar a “levar” e eu nem notar…. :(

      O problema é que têm mais de 1 milhão de espectadores:
      http://en.wikipedia.org/wiki/Ancient_Aliens#Reception
      Logo, continuam, porque o mistério, mesmo sendo mentiras, vende….

      :S

  6. Diana Barbosa

    Se existem lagartos e formigas na Terra, então, para ele, é possível que os extraterrestres se pareçam dessa forma também.
    Mas qual é o problema dos fantásticos lagartos e das formigas??
    Será porque as formigas têm das sociedades mais complexas que se conhecem? Complex, therefore alien!
    :p

    E já agora, quando ao canal história, vejam isto:

    http://www.thedailyshow.com/watch/mon-december-12-2011/war-on-christmas—historical-fact-checking

  7. Renato Romão

    Boas,

    Atenção! Existe muita coisa que ainda não foi explicada na evolução da civilização.
    No entanto existe nos documentários informações erradas, como por exemplo a idade de Puma Punku a que atribuem alguns milhares de anos a.c. e foi de facto feita na era d.c., de acordo com uma leitura de rádio carbono.
    Estes documentários são sem dúvida especulativos e sensacionalistas.
    Esta teoria dos antigos extraterrestres é de facto um puzzle praticamente montado e com um toque de realidade que na minha opinião ultrapassa e muito a veracidade do puzzle das religiões. Está de facto bem montado. A questão é que não existem provas concretas dessa teoria, aliás é como as religiões, não há factos ou provas reais de tal. Apenas utilizam mais a imaginação do que o raciocínio da interpretação de factos.
    As interpretações são tão diversas e por vezes dispares que a própria comunidade científica e os historiadores simplesmente não se entendiam/entendem. Não existia/existe no fundo um conhecimento exacto sobre as evidências, falta sempre algumas peças no puzzle para entendermos a realidade do passado da civilização humana.
    É um facto, não conhecemos todo o nosso passado e isso permite inúmeras interpretações do mesmo. Não há ninguém que diga, “foi assim que tudo aconteceu”!
    O que leva ao raciocínio lógico que existe muita coisa por explicar. Que é um verdadeiro mistério? É.
    A nível catedrático tive de estudar “todas” as religiões (extintas e ainda presentes) e a maioria das civilizações do nosso planeta, facilmente cheguei a uma conclusão, as enciclopédias que lemos hoje têm algumas informações erradas e desatualizadas (não vou entrar por ai, porque são apenas meras opiniões minhas).
    Esta é apenas um pouco da minha visão sobre o “nosso passado”!!!
    Abraços

    1. Renato Romão

      Erro,
      Corrijo – “catedrático” para académico.
      É as pressas…

    2. Ana Guerreiro Pereira

      Exacto ;) mas mesmo assim isso não significa que tenhamos sido visitados por aliens que fizeram a nossa civilização evoluir. Seremos assim tão burros que precisámos de ETs no nosso passado para nos fazer evoluir? :D

      O q tb se pode passar é q quem conta um conto lhe acrescenta um ponto. Um feito passado pode ser enaltecido, engrandecido e tornardo num mito ao fim de várias passagens de boca em boca. A tradição de passar conhecimento oralmente foi decerto responsável por muitos mitos q prevalecem hoje em dia. Incluindo o dos ETs antigos, que até podia ser explicado com o simples facto de um povo contactar outro menos evoluido e ensinar-lhe umas coisas e parecer um deus aos seus olhos… :/

      1. Renato Romão

        “Seremos assim tão burros que precisámos de ETs no nosso passado para nos fazer evoluir?”.
        Epá, esta fez-me lembrar que só evoluimos imenso nos últimos 50 anos porque caiu uma nave alienigena em Roosevelt e aproveitamos a sua tecnonologia!LOL (Bazinga)

        No proof? No cookie!!!LOL

      2. Renato Romão

        Nexte contexto, é tudo uma questão de coerência. A coerência que eu encontro, está na interpretação de um cunjunto de conhecimentos partilhados, pela medecina, arquiologia e diversas ciências exactas. Neste conjunto, até incluo as religiões.
        É a interpretação de um todo. Mas, com o compromisso da exactidão do conhecimento.

        Lá está. No proof? No cookie!!!

      3. Ana Guerreiro Pereira

        Eu tenho a prova cabal de porque é que os ETs não conseguem comunicar connosco ou ensinar-nos seja o que for :

        http://www.youtube.com/watch?v=ybXrrTX3LuI

        :P

        ;D

      4. Renato Romão

        Hahahahahaha!!!
        Gostei particularmente do smile no vestido!LOL

        E que tal este?!
        http://www.youtube.com/watch?v=jQxt0P_faLQ

  8. Carlos Prim

    Estou a ver (ou a ler) que aqui escrevem muitos incréus. Claro que existem ET’s. Claro que eles têm o hábito de nos visitar e até raptar. Provas? É ver este pequeno documentário da PIXAR. http://www.youtube.com/watch?v=pY1_HrhwaXU

    1. Ana Guerreiro Pereira

      LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL :D

      Meta Bazinga nisso ou ainda o levam a sério! ;D

  9. Tiago Miguel

    Boas, como o autor deste site disse e muitíssimo bem ,ter a “mente aberta” é meio caminho andado para nos enfiarem o barrete.
    Mas como eu tenho um espírito critico e fome de conhecimento elevado,levou-me a que deixasse o meu comentário sobre este/s tema/s.

    Sem qualquer estudos científicos comecei-me a interessar demasiado por Astronomia , Ciências e seus “parentes”. A informação que fui garantindo desde ai tem sido bastante,escolhe-la tem sido difícil.
    Perguntas como, quem ou o que criou a criação? , como surgiu a física?, existe vida alienígena?(muitas outras),foram perguntas que sempre tentei “responder” a este desejo de conhecimento,apenas através de documentários e artigos na WEB!

    Não tendo religião no meu dicionário , fica difícil perceber como foram os nossos antepassados…

    Não me parece que descendemos dos macacos,não me parece que humanos a habitar a terra há milhares de anos, tivessem material e conhecimento para construir monumentos megalíticos .(etc…)

    Centrando a resposta no foro essencial do tópico, na minha humilde e inocente opinião, existem alguns temas que este documentário se baseia,e em que os cientistas em geral não deveriam deitar para o “lixo”.

    Eu “também” sou da opinião que o ser humano foi plantado e não surgiu do nada, ao contrário do Cosmos.

    Obrigado pela vossa atenção.

    1. Carlos Oliveira

      “Não me parece que descendemos dos macacos,não me parece que humanos a habitar a terra há milhares de anos, tivessem material e conhecimento para construir monumentos megalíticos .(etc…)”

      O que parece a cada um é indiferente. Conhecimento tem muito mais peso que opinião.

      E o conhecimento científico que nos permite estar na internet é o mesmo que nos dá as evidências que nós e os macacos temos um ascendente comum. E esse é o mesmo conhecimento científico que nos diz como foram feitas as pirâmides e outros monumentos, sem precisar recorrer ao Pai Natal.
      O resto são crenças e opiniões sem fundamento.

      abraços

      1. DIEGO

        Neste parte da duas opiniões controversas o seja primeiro não acredita q descendemos do macaco segundo não acredita que os nossos antigos tenham construído as mega construções pelo mundo tudo , mais acredita que a ciência nos permite fazer os avanços tecnológicos atuais (…)

        (comentário editado)

      2. Carlos Oliveira

        Caro Diego,

        O seu comentário foi editado por razões óbvias.
        Este é um site de conhecimento, não de opiniões desinformadas.

        O Homem não descende do macaco. Sugiro que aprenda sobre Evolução antes de entrar aqui para afirmar disparates.

        Não se acredita na ciência. A ciência não depende de acreditar. Tem dezenas de artigos sob a categoria Literacia Científica que sugiro que leia antes de afirmar disparates sobre a natureza da ciência.

        Tudo o resto que disse, como a Teoria da Evolução estar a ser colocada de lado em face das evidências, sugiro que leia os nossos artigos que explicam o que é uma Teoria Científica (um conjunto de factos comprovados).
        Quanto aos Astronautas Antigos não é uma teoria mas sim uma crença religiosa sem quaisquer evidências, onde se substitui a palavra Deus por deuses mais pequeninos.

        Por favor, leia os nossos artigos e aprenda alguma coisa, antes de me fazer perder mais tempo com opiniões baseadas em mentiras à luz do conhecimento.

        O conhecimento está disponível para todos. Nesta era da informação, só é ignorante, troll e hipócrita (lembro que está a utilizar dezenas de teorias científicas neste momento para o uso da internet) quem quer.

        Passe bem.

  10. Diana Barbosa

    Não tendo religião no meu dicionário , fica difícil perceber como foram os nossos antepassados…

    Não me parece que descendemos dos macacos,não me parece que humanos a habitar a terra há milhares de anos, tivessem material e conhecimento para construir monumentos megalíticos .(etc…)

    Se o Miguel procura conhecimento, deve estar a procurar o mesmo nos locais errados…
    O que é que a falta de religião tem a ver com o “enigma” dos antepassados?
    Se gosta do conhecimento, pode desde já ficar a saber que esse enigma há muito que foi desvendado, há precisamente 213 anos por Charles Darwin, quando formulou a Teoria da Evolução por Seleção Natural. A ciência não se ficou por aí, obviamente! Ao longo destes mais de 200 anos, provas e mais provas têm sido reunidas e todas elas levam a uma mesma conclusão: Homo sapiens (a nossa espécie) é um primata que partilha antepassados em comum com os outros membros do mesmo grupo de espécies. Numa coisa tem razão: nós não descendemos dos macacos! Nós partilhamos um ancestral em comum com eles!! Esse ancestral já não existe, extinguiu-se.

    Quanto às habilidades técnicas das antigas civilizações…não é a minha especialidade, mas, confio nos especialistas da área para obter explicações racionais, não em alucinados que explicam qualquer coisa com “aliens”!
    Se assim fossem os cientistas…bem, não haveria cientistas! A explicação para tudo seriam forças extraterrestres/sobrenaturais. Logo, não haveria busca pela explicação e pelo conhecimento!

    E é isso que se tem que perceber: esta gente abandonou a busca pela informação ao atribuir tudo o que se desconhece a forças enigmáticas! Não, os cientistas de verdade, procuram o conhecimento e não descansam até encontrarem uma explicação satisfatória com o maior número de evidências possível. O que há anos atrás era “fruto do poder divino”, como o movimento dos planetas, tem hoje uma explicação científica. Se nos tivéssemos ficado por aí…

    1. DIEGO

      (…) agora digam tem probas que os nossos pais foram macacos?

      (comentário editado)

      1. Carlos Oliveira

        Caro Diego,

        O seu comentário foi editado por razões óbvias.
        Este é um site de conhecimento, não de opiniões desinformadas.

        O Homem não descende do macaco. Sugiro que aprenda sobre Evolução antes de entrar aqui para afirmar disparates.

        Não se acredita na ciência. A ciência não depende de acreditar. Tem dezenas de artigos sob a categoria Literacia Científica que sugiro que leia antes de afirmar disparates sobre a natureza da ciência.

        Tudo o resto que disse, como a Teoria da Evolução estar a ser colocada de lado em face das evidências, sugiro que leia os nossos artigos que explicam o que é uma Teoria Científica (um conjunto de factos comprovados).
        Quanto aos Astronautas Antigos não é uma teoria mas sim uma crença religiosa sem quaisquer evidências, onde se substitui a palavra Deus por deuses mais pequeninos.

        Por favor, leia os nossos artigos e aprenda alguma coisa, antes de me fazer perder mais tempo com opiniões baseadas em mentiras à luz do conhecimento.

        O conhecimento está disponível para todos. Nesta era da informação, só é ignorante, troll e hipócrita (lembro que está a utilizar dezenas de teorias científicas neste momento para o uso da internet) quem quer.

        Passe bem.

        P.S.: não me vou sequer concentrar nas dezenas de erros de português que deu em comentários de poucas linhas. Mas realço o facto de que quem se deixa manipular por estes programas vigaristas da televisão é normalmente quem tem graves falhas a nível de conhecimento científico e de conhecimento geral.

  11. Rui Costa

    Quando se brinca com ideias e palavras, pode-se cair em falácias óbvias. A possibilidade de que tenhamos sido visitados por ET’s é um desses casos.

    Em relação ao possível e ao provável…
    Um exemplo muito simples: até agora, sempre que alguém largou um objeto (mais pesado que o ar) no ar, ele caiu em direção ao chão. Sempre. A partir deste conhecimento e de outras observações, cria-se uma expectativa: a de que esse fenómeno continue a repetir-se. E, efetivamente, sempre que alguém volta a largar algo, esse algo comporta-se como esperado.

    Agora eu pergunto: será POSSÍVEL eu amanhã largar um martelo e ele ficar suspenso no ar? Será possível que amanhã a gravidade deixe de existir? A única resposta verdadeira é: “Sim, é possível.”. Aquilo que se pode afirmar é que até agora, a gravidade sempre actuou sobre os objectos largados no ar… até agora.

    Se eu agora lhe perguntar: E é PROVÁVEL que isso aconteça? Aqui a reposta é “Não, não é provável… nem me ocorre nenhum cenário em que isso possa vir a acontecer”.

    Esta é a diferença entre «possível» e «provável».

    Por isso, admitir a possibilidade de existirem extraterrestres não tem nenhum valor. O que se pode afirmar é que até agora, ninguém apresentou provas ou evidências de quaisquer seres extraterrestres existam ou nos tenham visitado.

  12. Cavalcanti

    Já agora, uma tirinha do Ruas sobre as trafulhices do “mistério” de alienígenas no passado…

    Blog: Um Sábado Qualquer

      1. Carlos Oliveira

        Excelente :)

      2. Cavalcanti

        :D

        ;)

  13. Adriano

    Ola,

    puxa sabia que um dia iria encontrar pessoas que teriam condições de explicar como foram construídas as piramides do Egito.
    Alguém ai se habilita a descrever de forma cientifica como as piramides foram construídas?

    (comentário editado)

    1. Carlos Oliveira

      Adriano,

      Tem essa resposta noutros posts nossos.
      Aconselho também a visitar páginas de Universidades, com investigadores sérios desses assuntos.

      Todo o resto do comentário foi editado. Não fazia qualquer sentido.

      O post é sobre um programa mentiroso, que serve só para enganar pessoas que não querem saber do conhecimento. Se quisessem, não viam esse programa, obviamente.

      abraços!

  14. Rui

    Boas.

    Quando comecei a ver estes documentários pela 1ª vez, até achei interessante, mas ao longo de vários episódios, comecei a ver que eles queiram tanto tentar provar que sua teoria é verdade, que chegam a histórias ridículas. Eu não tenho grande conhecimento de astronomia e algo parecido, mas sei melhor sobre história, lembro-me de ver um episódio em que eles falam da peste negra e dizem que foram os ets que andaram aí com uma maquina de sulfatar a espalhar a peste lol, só que não dizem que naquele tempo havia falta de limpeza das cidades, péssimo saneamento básico ect.

    Não sei se o Carlos viu esse episódio mas se viu, não achou um bocado para o parvo?
    Abraços, está um blog fixe já estava algum tempo à procura de algo do género, pois queria saber qual a opinião de pessoas como o Carlos ,que têm conhecimento mais aprofundado destas matérias e melhor podem explicar, se este gajos andam a entreter o pagode ou se ensinam alguma coisa de jeito.

    1. Diana Barbosa

      Resposta curta: estes, especificamente, andam a entreter (leia-se: deseducar) o pagode e a encher os bolsos.

  15. epsy

    É uma pena que o canal História se tenha tornado num canal de mero entretenimento sem nenhumas preocupações científicas ou informativas.

  16. Celso -´Angolano

    Apesar de se constatar inverdades em varios documentarios exibidos pela channel history , penso eu que ha determinados factos que merecem a nossa atençao dada a evidencia historicas que esses mesmos artefactos , pinturas etc etc por si so narram. Existe elevada similaridade nas gravuras e pinturas que nos leva a perguntar-se ate que ponto estes documentarios sao crediveis ou nao… atrevo-me a dizer que “in dubio stat veritas” ou seja na duvida esta a verdade…

    1. Carlos Oliveira

      Na dúvida existe a dúvida… nada mais.

      A verdade é um facto. Esta série é anti-conhecimento.

      O que esta série faz, como fazem todos os vigaristas, é vender o mistério onde ele NAO existe.

      http://astropt.org/blog/2012/10/06/desmistificar-os-extraterrestres-do-passado/

      abraços!

  17. Hugo Bartolomeu

    bem ha-ja , caro amigo Carlos Oliveira ,segui o programa do 5 p a meia noite e fiquei seu seguidor do conhecimento que tem este site e em particularmente o seu .O tanto que ha descobrir neste infinito universo e o tão pouco que sabemos da nossa existencia , gostava que me desse a sua opinião sobre o seremos unicos neste universo ou não ?

    um ate proximo momento , praser enorme em saber que existe .
    hugo Bart

    1. Carlos Oliveira

      Depende de quem somos “nós” : vida? vida inteligente? vida humana? primatas? mamíferos?

      abraços!

  18. Kleisson Soares

    Eu vejo o programa na History e pra mim la mostrar nada mais nada menos que apenas POSSIBILIDADES ? umas que eu acho possivel e outras não , adoro o programa e sobre a teoria deles , e o que eu vejo é que assim como muitas teorias que foram ridicularizadas no passado e hj foi comprovada essa será mais umas delas . opinião minha !

    cada um tem uma visão das coisas , tem suas opiniões , muitas vezes depende da realidade de cada um , conhecem o mito da caverna do platão ? pois bem , eu acho que ridicularizar opinião de uma outra pessoa também é babaquisse e um sinal de falta de conhecimento , engraçado que muitos acham que obtem mais conhecimento pelo simples fato de pensar diferente .

    POSSIBILIDADE !!

    1. Carlos Oliveira

      Kleisson,

      Como é explicado no artigo, quem fala em possibilidades são os vigaristas.
      A ciência, o conhecimento, fala em probabilidades.

      Nenhuma teoria foi ridicularizada no passado, que depois viesse a ser correcta.
      De qualquer forma, a ideia do Ancient Aliens não é uma Teoria mas sim uma Religião. Logo, não a pode colocar ao nível de teorias.

      Cada pessoa pode ter a opinião que quiser. Mas antes de ter opinião, deveriam-se informar sobre o conhecimento que já existe desse assunto. Neste caso específico, o programa baseia-se em totais mentiras, negando o conhecimento, a verdade que se conhece sobre o que se passou no passado.

      Por isso é que falam em “possibilidades”, porque sabem que quem ignora os assuntos, quem não entende sobre os assuntos em questão, vai cair que nem patinho nestas vigarices… tal como é evidente que acontece com o Kleisson.

      abraços

  19. Reinaldo de Lima

    Prazer muito grande em contatar pessoas interessadas neste misterioso assunto !

    (comentário editado)

    Abraço a todos !

    1. Carlos Oliveira

      Caro Reinaldo,

      Obviamente o seu comentário foi editado, já que o post não é sobre mim e sobre as minhas fotos. Também não é sobre aquilo que eu acredito.
      O conhecimento não se faz de crenças.

      Se quer saber tudo sobre a evolução da vida na Terra, onde se insere a evolução do Homem, não faltam livros com conhecimento sobre isso.

      É escusado hipocritamente negar o conhecimento para seguir os disparates que seitas religiosas lhe dizem no History Channel. Para os vigaristas, todo o conhecimento é dado por ETs. Por isso, Reinaldo, se é ceguinho ao ponto de seguir essas crenças religiosas, deixe de utilizar todo o conhecimento que lhe é dado por humanos, começando por electricidade, computadores, etc. Porque o conhecimento é todo o mesmo e você não deveria cuspir no prato que lhe dá de comer.

      abraços

  20. Giorgiozinho

    Cara vc esta desafiando Giorgio A Tsoukalos, um deus da antiguidade, pra que isso? Foram os aliens que ensinaram os homens a colocar lampadas nas piramides de Gizé há mais de 4000 mil anos atrás, hehehehehe…
    Para todos os desinformados olhem ai o corriculo de Giorgio A Tsoukalos u.u e respondam esse comentario se forem mesmo corajosos.
    http://desciclopedia.ws/wiki/Giorgio_A._Tsoukalos

  21. Marília

    Sobre o História, até estou a gostar dos programas sobre a invasão romana à Britânia, mas são um bocadinho frouxos. Havia muito mais para dizer, e bem interessante, se cortassem nas viagens de carro da senhora historiadora.

    Já os programas sobre os alienígenas na antiguidade, perdoem a brejeirice, mas esses sujeitos estavam mesmo a pedir um rapto e uma boa sonda anal.

    Gosto imenso de história, tenho alguns conhecimentos e chateia-me que se ponham com invenções tão absurdas. Rio bastante, mas às vezes fico irritada com tanta maluqueira.

  22. Maria Mirtilene Rodrigues

    Eu fico observando a maneira como ele se expressa: pura encenação! Até o pé grande ele diz que é extraterrestre! Hahaha! Seria mais fácil ele dizer que a Terra é um planeta extraterrestre ;-) a Terra não faz parte do Espaço, do Universo! Nosso planeta é alienígena!

  23. Maria

    eu vejo o History por diversão, moro no Brasil (e para mim o History é aberto,mas não é na maioria dos lugares). Então o History é um dos lixos menos lixentos que há na TV,e é divertido…a série tem alguns (poucos) debates interessantes, mas no mais,é para divertir (e só). O bom: trouxe a ufologia em debate. O ruim: de forma errada. Esse cara é uma figura, mas realmente, é triste tê-lo como referência.

    mas é melhor do que o raio-x da cadeira/sofá/cama/mesa que hitler se suicidou…

  24. Antonio Campos Sousa

    Não é querer estar a dar razão aos acreditados na chegada deles até nós, mas existem varias situações ainda inexplicadas e um pouco estranhas na nossa (humana) historia.
    Existem algumas lacunas e/ou grandes saltos na evolução do homem como espécie.
    Porque é que, ainda num estado de recolectores e ainda com alguns caçadores que acompanhavam as manadas de animais nas suas migrações, de repente se começaram a fazer construções piramidais em quase todas as civilizações de destaque na área de existência?
    Se estavam afastados milhares de KM entre eles, como tiveram todos a mesma “ideia” com algumas centenas de anos em separado?
    Talvez seja eu que vejo filmes a mais…

    1. Carlos Oliveira

      Não foi de repente. Não queira meter dezenas de milhares de anos em 1 segundo.

      A piramide é a melhor estrutura para se manter de pé (ex: uma esfera rolava) e que promove a ideia de estrutura social (em cima o imperador, depois a elite, etc, até ao enorme número de pessoas do povo na base).

      abraços

  25. Jorge

    A Pergunta que eu faço porque tem tantas pessoas,que afirma que já viram ou testemunharam algum fato envolvendo aliens,i?será que todas essas pessoas desconhecidas umas das outras mentiram?Eu não estou afirmando que conspiração desse programa seja verídica,mas o que quero dizer onde há fumaça há fogo.é mais fácil o governo está escondendo alguns fatos do que pessoas simples e desconhecidas estarem mentindo

    1. Carlos Oliveira

      Nem todas as pessoas mentem. As outras desconhecem o que vêem (que é terrestre e não alien).

      1. Luis paulo

        E será que existe uma explicação ciêntifica possivel para os vários avistamentos relatados por
        Pessoas formadas em diversas areas, Desde pilotos de aviões a policias, militares e mesmo entidades do governo? Algo estranho essas pessoas viram e relataram e classificaram como não sendo “nosso”.Não existe uma pequena possibilidade que estamos a ser visitados por algo que desconhecemos.

      2. Carlos Oliveira

        Temos aqui uma categoria só para isso. Pode ler as explicações lá.

        Quanto a relatos pessoais, também existem milhares do Pai Natal todos os anos. O argumento é o mesmo.

        Quanto à possibilidade, não é ciência. A ciência e a lógica diária que aplicamos, baseia-se em probabilidades.

        abraços

  26. Guilherme Santiago

    Olá Carlos, tudo bem?

    Em primeiro lugar gostaria de dar os parabéns pelo blog e pelo teor do conteúdo.

    Conheci o blog recentemente. Estou assistindo a Série Alienígenas do Passado e admito que estava comprando a idéia. Mas ao ver que alguns dados são distorcidos, como o peso de monolitos, composição das pedras, diferença de datas dos esqueletos (no caso da hipótese de uma detonação de artefato nuclear) e outros, infelizamente tenho que dar o braço a torcer. Infelizmente, pois gostaria muito que comprovassem que não estamos sozinhos no universo. Estou certo disso. Seria muito estranho, com essa imensidão de planetas, haver vida inteligente em apenas um. Segundo probabilidades, ao meu ver, não é correto deduzir isso.

    Mesmo manipulando dados, a teoria dos astronautas antigas é sedutora. Claro que cada vez mais com um olhar crítico, pois o fins não justificam os meios. Digo isso, pois senti falta, durante a desmistificação da teoria, de desbancar outros aspectos da mesma. O documentário ficou mais centrado na questão da engenharia, da possibilidade de pessoas da época terem realizado tais feitos, como construção das pirâmides, locomoção de pedras de portes imensos, etc. Mas acho que deixou a desejar na questão do conhecimento da astronomia. E aí já acho que, por ser a sua área, poderia me dar informações a respeito. Como era possível, os Maias conseguirem prever eclipses com tamanha acertividade? Era possível mesmo, com a tecnologia da época? Existem registros de que eles tinham acesso a lentes, ou algo do tipo que os possibilitassem fazer observações e constatações astronômicas tão detalhadas e corretas? Ou isso também era mito? Acertavam e erravam muito?

    Um abraço e novamente parabéns.

    Guilherme Santiago

    1. Carlos Oliveira

      http://astropt.org/blog/2012/10/06/desmistificar-os-extraterrestres-do-passado/

      Quanto aos Maias, faziam o mesmo que todos os povos antes deles – milhares de anos antes – já faziam.
      Prever eclipses é extremamente fácil :) . Basta registar o que se vai passando no céu, por onde passa certo objecto e com qual regularidade, e depois extrapolar para o futuro.
      A tecnologia necessária para isso é um cérebro… e, para avivar a memória, uma pedra onde se possa escrever o tempo de passagem :)

      abraços!

  27. Augusto

    Olá Carlos,

    Não tenho conhecimento nenhum no meio cientifico e recentemente vi bastante documentários a repeito da teoria dos antigos astronautas.

    Mas, como todo bom curioso e sonhador fiquei obcecado pelo assunto e ando pesquisando bastante a respeito pela web.

    Inclusive estou procurando farsas na serie e foi assim que acabei caindo aqui.

    Achei seu post ótimo por ser adversa a toda teoria da série, e isso me faz pensar mais a repeito.

    Mas, em nenhum momento vendo a série tomei o conteúdo como verdade ou como fatos comprovados. Em todo momento ficou claro pra mim que são especulações a fatos ainda não explicados totalmente ciência. Fica claro sempre como é citado na série que “Alguns teóricos acreditam que sim”, ou seja, são teorias e especulações.

    Alias, eu fiquei confuso com seu post. As construções magaliticas a ciência “provou” como foram construídas? Pq até onde eu sei são teorias tb, pois não há provas.
    Obs: Não tenho nenhum conhecimento cientifico.

    Eu achei bem interessante por nos fazer sonhar com uma realidade mais mistica, e isso do meu ponto de vista é mais interessante do simplesmente evolução e bla bla bla.

    De qualquer forma, minha unica critica aqui é a respeito das suas respeitas aos comentários. Me pareceu muito arrogante, repressora e intolerante.
    Opiniões adversas é q nos fazem crescer e você pareceu criticar demais as pessoas com pontos de vistas diferente dos seus.

    Inclusive estou até com medo de comentar e levar algum tipo de xingamento..rs

    Obrigado por compartilhar seu conhecimento
    Abraços

    1. Carlos Oliveira

      Olá Augusto,

      A série não apresenta teorias ou especulações. A série apresenta mentiras, baseadas em falsas questões, com um propósito religioso (foi tudo feito pelos deuses).

      Pergunto-lhe: sabe como o seu computador é feito? Sabe todas as leis científicas que estão subjacentes a ele?
      Provavelmente não.
      E não é só por não ter conhecimento científico, como o Augusto admitiu. Eu próprio tenho conhecimento científico, e de certeza que não sei metade das leis necessárias para fazer a internet funcionar através de computadores existentes a milhares de kms de distância.
      Não quer dizer que não se conheçam essas leis. São conhecidas obviamente, senão não existia internet. Quer somente dizer que eu não as sei todas.

      Imagine agora que, por eu não saber, assumia na televisão que ninguém sabe. E fazia perguntas com um objectivo claro.

      Por exemplo: já viu a complexidade da internet? O Augusto certamente que não sabe construir de raiz um computador, quanto mais ter uma “nuvem” invisível que faz com que todos os computadores comuniquem. É demasiado complexo para alguém entender tudo. Certamente que é conhecimento que só nos poderia ser dado por alguém com mais conhecimento do que o Augusto e que eu. E se eles nos deram esse conhecimento, donde vêm eles? E como nos transmitiram esse conhecimento? Será que falaram ao Governo? Segundo os teóricos, alguns dos segredos deste acordo entre humanos e aliens estão guardados nos arquivos da Area 51. Será que esta tecnologia pode ser utilizada como controlo da mente dos humanos? Segundo os teóricos, é este controlo das mentalidades que nos dá tão maus políticos, que no faz votar sempre nos mesmos, e que promove tanto consumismo, acima das possibilidades das pessoas comuns. Segundo os teóricos, é este acordo que permite ter uma sociedade de classes, sendo a classe dirigente acordada com os aliens, mandando sobre as classes mais baixas de modo a trabalhar para os dirigentes. Segundo os teóricos, foi desta forma que grande parte da população egípcia trabalhou como escravos durante centenas de anos – várias gerações – para fazer mausoléus para os imperadores. Hoje, continuamos a fazer o mesmo, com a diferença de classes, a trabalhar para quem nos dirige.

      Viu o que eu fiz?
      Passei de algo banal, como um computador, para nas últimas perguntas assumir que eles existem e só fazer perguntas a partir já da existência deles, sem nunca ter provado nada. Depois disso, criei uma explicação por cenário (falácia) baseada em pura ideologia social que qualquer pessoa (do povo) gostaria de ver explicado. Para esta explicação, dou-lhe uma falsa autoridade dizendo que quem diz isso são os teóricos (que podem estar internados em hospícios).
      Esta é uma técnica simples de manipulação do discurso e das pessoas.

      Isto é o que é feito em *todos* os episódios dessa série.

      Sim, eu sou bastante arrogante para com quem divulga mentiras.
      Se o Augusto quer seguir mentiras, é consigo.

      Sugiro que leia o que é uma teoria, para perceber que quando eles usam a palavra teoria, estão a mentir:
      http://astropt.org/blog/2013/07/14/lei-vs-teoria/

      Sugiro que leia as explicações correctas para as coisas que eles lá falam:
      http://astropt.org/blog/2012/10/06/desmistificar-os-extraterrestres-do-passado/

      Sugiro que leia sobre o promotor dessa farsa, que ficou rico à custa de simples técnicas de manipulação:
      http://astropt.org/blog/2012/06/17/erich-von-daniken/

      Sugiro que leia sobre as leis que utiliza a todos os minutos do dia:
      http://astropt.org/blog/2012/02/18/7-equacoes-que-governam-o-seu-mundo/

      E, por fim, sugiro que leia sobre a forma como o Augusto pensa a todos os minutos do dia e sempre com 100% de sucesso. Se entender como pensa, talvez não perca tempo com esses programas nem caia na hipocrisia de cuspir naquilo que utiliza milhares de vezes ao dia:
      http://astropt.org/blog/2011/05/21/profecias-da-ciencia/

      abraços!

      1. lucy von beust

        Genial sua resposta,pq realmente e assim que essas pessoas agem com quem tem preguica de estudar. Pq hoje em dia quem tem internet e nao tem conhecimento e por pura opcao. Pois muita gente passa horas em redes sociais mas para estudar e uma preguica so.

      2. Carlos Oliveira

        Obrigado :)

        Realmente, na era da informação, só é ignorante quem quer ;)

  28. Gabriela

    Eu particularmente gosto de assistir a série por justamente colocar pontos da história das civilizações antigas que geralmente passam despercebidas. Ao analisar a série vejo dois pontos de vistas: um, formado por pessoas que apoiam a teoria do astronauta antigo (geralmente escritores sobre o assunto, jornalistas…), tende ao sensacionalismo, já o outro, são profissionais (em ferramentas, engenharia, historiadores, acho que ainda não vi arqueólogos, egiptólogos…) destes eles só dão opiniões a respeito de supostas evidencias físicas ou de vez em quando escritas.
    Sinceramente, ao ler este artigo pensei que fosses analisar todo o mecanismo da série e não somente o Giorgio Tsoukalos que não passa de um sensacionalista, mas a série não é só a opinião dele, e quanto a credibilidade dele o History mostra até que ele é um escritor, não um profissional em tal área do conhecimento.
    Em minha opinião, a série é bem equilibrada você tem evidencias e tem uma teoria/hipótese, ele te dá a opinião de vários especialistas que na maior parte do tempo não são “crentes” desta tal teoria, alguns demonstram que são céticos. E você tem uma interpretação dessas evidencias ou de imagens/textos por pessoas que a defendem e no final a série te dar somente as perguntas, vai de você as responder ou de escolher sua posição.
    Eu prefiro acreditar que se determinadas civilizações foram capaz de fazer coisas extraordinárias para sua época, não por uma intervenção extraterrena, mas porque o ser humano é capaz de fazer. Particularmente eu gosto da série pelo motivo que eu falei anteriormente, eles te mostram coisas interessantes sobre tais civilizações, fisicamente falando (evidencias físicas). Mas como qualquer outra coisa apresentada na tv sobre determinado assunto tem que ter cuidado no que é apresentado, não só na tv, mas tudo produzido pelo homem é tendencioso de certa forma, afinal por mais superficial que seja seu texto nós sempre colocamos um pouco de nossa opinião. Enquanto ao método científico, sabemos que não é 100% confiável (disse isto só pra não cairmos no erro de nos cegarmos a belíssima luz da ciência, afinal até a ciência é feita pelos homens e tem suas limitações). Claro que é preferível o conhecimento racional, mas não basta só ele. Cada qual em sua interpretação e suas escolhas.
    Espero uma análise mais detalhada e profunda da série.

    1. Carlos Oliveira

      As opiniões são irrelevantes. O que interessa é o conhecimento.
      A série NÃO busca o conhecimento dos especialistas – é mentira quando diz que o faz, já que a série corta a informação dada pelos especialistas mostrando somente aquilo que lhe interessa.
      A série pega em trolhas, crentes que o sangue é verde, e põe-os a falar sobre medicina.

      A série não é equilibrada e muito menos apresenta qualquer teoria. Sugiro que leia os nossos artigos onde explicamos o que é uma teoria.

      A série não dá a opinião de especialistas. A série corta o conhecimento dos especialistas (vários deles já se queixaram, que as palavras deles foram erroneamente utilizadas).

      “Eu prefiro acreditar” < --- a ciência, o conhecimento, não se faz de acreditar.
      Já expliquei isto dezenas de vezes em artigos aqui no blog. Sugiro que os leia.

      De resto, a série divulga mentiras sob o disfarce de "mistério", que na verdade não existe, porque tudo aquilo que eles dizem que não entendem, se lessem as investigações nessas áreas, saberiam que já se encontraram as respostas.
      http://astropt.org/blog/2012/10/06/desmistificar-os-extraterrestres-do-passado/

      abraços!

  29. karl

    A razão de tanto palhaço é justamente pelas palhaçadas que se falam antes nome da “ciência”. Por exemplo se repete sobre buracos negros e buracos de minhoca, buracos brancos, etc. cuja existência não é aceita como prova real por vários astrofísicos e podem ser confundidos com outras coisas como plasma, energia Birkelan, etc. A teoria do Big Bang tem vários furos e escutamos do Big Freeze, Big Rip, Big Crunch sem provas reais. Discutem se há 5, 10 ou 11 dimensões sem haver prova alguma ou das supercordas. Para Newton a gravidade era uma força enquanto para Einstein era uma ilusão criada pela deformação dessa coisa desconhecida chamada espaço.

    (… comentário editado…)

    1. Carlos Oliveira

      Karl,

      Você misturou 1001 assuntos como se fossem uma coisa única, provando que o seu único intuito é ser troll e não propriamente discutir ciência. (daí a edição de um comentário e a remoção de outro)

      Você mistura a Teoria do Big Bang com a Hipótese das Cordas, por exemplo, imaginando que é tudo a mesma coisa.
      Você sabia que utiliza diariamente tecnologia baseada nas previsões acertadas do Big Bang? Você sabia que essa tecnologia só funciona porque essas previsões estavam certas?

      Por outro lado, você utilizou diversas vezes o verbo “acreditar”. Como já foi explicado aqui pelo blog dezenas de vezes, a ciência não se faz de acreditar. Recomendo que leia os artigos para aprender alguma coisa.

      Por fim, você está na internet, utilizando computador ou telemóvel, que funcionam devido ao conhecimento científico que está correto. Se não estivesse, você estaria vivendo numa caverna sem qualquer conforto moderno.
      Mal você acorda, você fica logo a saber que a ciência está correta, através de 7 formas diferentes.
      http://astropt.org/blog/2012/02/18/7-equacoes-que-governam-o-seu-mundo/
      Negar que o conhecimento científico actual está correto, enquanto utiliza esse mesmo conhecimento científico correto é a definição de hipocrisia.

      Antes de você perder tempo a escrever longos comentários ignorantes contra o conhecimento científico, recomendo que leia os nossos artigos que explicam o conhecimento científico:
      http://astropt.org/blog/category/educacao/literacia-cientifica/

      Quem detém um mínimo de inteligência, deveria perceber que para discutir determinado assunto, primeiramente deveria entender alguma coisa sobre esse assunto. É o que lhe recomendo. Ganhe um pouco de inteligência, e adquira conhecimento sobre o que é a ciência, antes de se mostrar ignorante, hipócrita e arrogante ao entrar em locais científicos a exigir discutir ciência através de comentários ignorantes.

      Passe bem.

      P.S.: parece-me bastante triste que se mostre como religiosa e que diga que ama Jesus, e que depois tenha atitudes destas, completamente contrárias aos Seus ensinamentos.

  30. David

    Por acaso gosto de ver o Ancient Aliens, não por acreditar, mas porque é divertido ver! Apenas isso…é engraçado que qualquer coisa que os antigos povos construiram tem que ter mão extraterrestre, substimando a capacidade dos antigo povos.
    Uma situação curiosa foi afirmarem que as piramides foram contruidas com exoesquetos (uma tecnologia que o exercito americano está a desenvolver, que é parecido ao empilador que aparece no filme “aliens reencontro final” onde a Ripley usa esse exolesqueleto para lutar contra a rainha), se os egipcios tinham esse tipo de tecnologia, os persas, gregos, romanos e por aí fora nunca tinham invadido o egipto.
    Quem veja os desenhos animados “as misteriosas cidades de ouro” que julgo que o autor seja o Carl Sagan mas nao tenho pode ver que havia civilizaçoes antigas que se destruiram em guerras por possuir tecnologia super avançada, onde usavam o ouro e o sol para poder por toda a sua tecnologia a funcionar!
    Mas é apenas um desenho animado imaginativo, nada mais…
    De resto o programa do canal historia é um bocado exagerado, mas nao se deve acreditar no que eles dizem.

  1. O Dia das Mentiras » AstroPT - Informação e Educação Científica

    [...] ca­nal História al­berga lixo te­le­vi­sivo como o pro­grama «Antigos Astronautas», por­tanto não é de ad­mi­rar que se apro­veite do fe­nó­meno para nos ati­rar à cara [...]

  2. Formação de Crateras Lunares » AstroPT - Informação e Educação Científica

    [...] entanto, o que acham que Giorgio Tsoukalos [...]

  3. Possível vs. Provável » AstroPT - Informação e Educação Científica

    [...] que assim têm a resposta. Por isso, erram redondamente. O nosso leitor Rui Costa, deixou este excelente comentário onde utilizou o exemplo da [...]

  4. Dissonância Cognitiva » AstroPT - Informação e Educação Científica

    [...] assomo de Dissonância Cognitiva, neste cartoon vê-se um crente em conspirações a dizer que acredita que o mundo realmente acabou em Dezembro de 2012, mas o Governo conseguiu [...]

  5. Ascensão

    [...] surpresa, devido ao tema da missa, senti-me um Giorgio Tsoukalos, sempre a imaginar Cristo como um astronauta e sempre a assumir que os 30 anos de que nada sabemos dele, foi quando ele esteve a treinar para [...]

  6. Rancho dos Cadillac

    [...] Porque falo disto? Imaginem que daqui a 2.000 anos, os nossos descendentes olham para isto como nós olhamos actualmente para Stonehenge ou as Pirâmides, por exemplo. Obviamente vão fazer imensas medições e aposto que alguns pára-choques vão estar alinhados com algumas estrelas e até com pontos cardeais. Com alguma “sorte”, ainda aparece o descendente do Giorgio Tsoukalos a dizer que isto só podia ter sido construído por ETs! [...]

  7. Resposta: extraterrestres

    […] Já falei sobre a série Extraterrestres Antigos, do Canal História, aqui. […]

  8. Akhenaton e o mestre da levitação capilar (Parte I)

    […] pro­grama Ancient Aliens é conhe­cido por defen­der que rea­li­za­ções anti­gas da Humanidade – das Grandes […]

  9. Megalodon: o super-tubarão

    […] que, infelizmente, a estratégia do canal Discovery passou por usar a mesma estratégia do canal História: “como os nossos espectadores são ignorantes, vamos promover o sensacionalismo, a […]

  10. Quer que desenhe? Alienígenas do passado

    […] Carlos Ruas, que tem o brilhante site Um Sábado Qualquer, criou um fantástico vídeo para explicar a problemática dos alienígenas do passado (do qual já falamos aqui): […]

  11. Um Canal de Estórias

    […] ao fim. Esta atitude faz o canal História perder mais ainda a sua credibilidade – mas parece que o canal já nos habituou a isso – mas por mim tudo […]

  12. Erich von Daniken

    […] Erich von Däniken é o fraudulento (foi condenado por fraude) hoteleiro suíço, seguidor da seita dos Astronautas Antigos (divulgada recentemente no Canal História). […]

  13. Catedral de Salamanca tem um astronauta

    […] e começar a fazer perguntas sem nexo porque não posso provar nenhuma…. tal como faz um programa de televisão bem conhecido. Será que eram verdes? De que planeta vieram? Parecem-se connosco, por isso será que andam entre […]

  14. Esferas de Klerksdorp

    […] Os pseudos e demais vigaristas à luz do conhecimento (que fazem a vida a assustar as pessoas com mentiras à luz do conhecimento, como esta salgalhada de desinformações, num estilo mal copiado do Daniken, para confundir e amedrontar as pessoas com fenómenos astronómicos que não nos afectam como o trânsito de Vénus), têm sempre a mesma estratégia: vender o mistério onde ele não existe. Não querem saber do conhecimento e têm ódio de quem detém conhecimento, porque esse conhecimento pode arruinar-lhes o negócio (que tem milhares de seguidores acéfalos). Por isso, tudo o que vêem, para esses pseudos, é um mistério. Como eles/elas não sabem a explicação, então assumem que ninguém sabe, e resolvem disparatadamente dizer que tudo é feito por extraterrestres. Exemplo: como funciona a internet? Não sei. Então só podem ter sido extraterrestres a criar a internet! […]

  15. Desmistificar os Extraterrestres do Passado

    […] falamos do péssimo programa Ancient Aliens, do Canal História, neste post. Também já explanamos as mentiras de Erich von Daniken, neste […]

  16. TOP 100

    […] Cheia. Grávida de Chimpanzé. Barbies Humanas. Money bag. Disparates Virais. Barulhos estranhos. Extraterrestres Antigos. Desmistificar. Erich von Däniken. Dogons. Anel Negro. Dois Sóis. Alinhamento planetário sobre […]

  17. Asteroide vai bater na Terra em 2041? As fantasias do iReport e do SeuHistory

    […] pelo website brasileiro SeuHistory, pertencente ao History Channel. Se o History Channel já tem programas de fantasia mascarados de verdade, o SeuHistory é a casa de qualquer conspirador sem cérebro. Assim, é obviamente […]

  18. Descrição dos Extraterrestres Antigos

    […] programa Ancient Aliens – Extraterrestres Antigos, é bastante apelativo. No entanto, a forma de atuação do programa é bastante conhecida desde a […]

  19. Sou o Número Quatro

    […] sobretudo um filme a promover a ideia dos Astronautas Antigos – em que os alienígenas muito poderosos vêm se refugiar no meio da Humanidade – e […]

  20. Descoberta a técnica que os Egípcios utilizaram para mover grandes pedras

    […] os vigaristas inventam histórias para enganar a população com as suas crenças, os cientistas trabalham, investigam, testam, criticam, discutem, avaliam, …, até chegarem a […]

  21. A Grande Guerra Marciana

    […] de um programa destes? Não sei… Mas de um canal que nos traz a vigarice das crenças nos Extraterrestres Antigos, o que se pode esperar mais do Canal História? Obviamente mais vigarices para se aproveitarem da […]

  22. Contatos Imediatos de Quarto Grau

    […] é a inclusão das ignorantes parvoíves interpretativas do Daniken e dos seus amigos da seita dos extraterrestres antigos, quando falam sobre foguetões e astronautas na arte […]

  23. Uau, extraterrestres rupestres na Índia

    […] ouvir o apresentador do programa de TV Ancient Aliens no Canal Historietas balbuciar sobre extraterrestres na Antiguidade sem perceber um boi do assunto […]

  24. Raelianismo – Você Conhece?

    […] tanto à Ciência quanto às religiões monoteístas, há quem defenda a hipótese dos “Extraterrestres Antigos“, que em muito se assemelha ao […]

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>