«

»

Jan 05

Pulseiras do Equilíbrio admitem ser uma vigarice!

bracelet

Já escrevemos um artigo sobre as “pulseiras quânticas” serem uma fraude!
Leiam este post.

Nesse post, escrevemos que essa moda das pulseiras é recorrente, e não passa de uma palhaçada para burlar as pessoas.
Comparando, é como alguém chegar à vossa beira, e dizer-vos: “Dê-me 30 euros”. É só isto! É um roubo declarado, porque vos roubam o dinheiro, sem vos dar nada em troca!

Vejam o vídeo de publicidade deles:

Agora vejam como tudo é feito, bastando para isso dizer que existe um “objecto mágico”:

Nos comentários desse post, temos actualizado com mais informações, sobretudo como o “mundo está a acordar” para a fraude.

O Brasil proibiu qualquer publicidade enganosa a estas pulseiras. O Brasil também percebeu que a pessoa que as vendia no mercado brasileiro mentia sobre aquilo que fazia (dizia-se professor numa universidade, quando nunca ninguém ouviu falar dele por lá).

Em Espanha, as Pulseiras Power Balance foram multadas por publicidade enganosa. A associação espanhola de defesa do consumidor, Facua, meteu-lhe um processo em tribunal e ganhou! Em Espanha, é certo que a multa foi irrisória, 15 mil euros, mas o mais importante foi a decisão de que realmente andam vigaristas a enganar a população!

Em Itália, as empresas que venderam estas vigarices foram multadas em 350 mil euros!

Na Austrália foram ainda mais longe!
Os representantes destas pulseiras na Austrália foram obrigados a admitir que é tudo uma FRAUDE, uma BURLA para enganar as pessoas.
E todas as pessoas que retornarem as pulseiras, a empresa devolve-lhes o dinheiro!!!

Em Portugal, infelizmente, as falcatruas continuam, e ninguém quer saber.
Onde está a Defesa do Consumidor (DECO)?

De qualquer modo, como disse o Ricardo Araújo Pereira, a maioria das pessoas não aprende, por isso, mesmo sabendo que é tudo uma burla, vão continuar a comprar “pulseiras do equilíbrio”, “anel da temperança”, “brincos da estabilidade”, etc.
As pessoas não entendem que tudo isto é o mesmo produto, com um novo nome, mas que a fraude continua!

Por exemplo, nos EUA, as pulseiras power balance já mudaram de nome: agora chamam-se iRenew, têm o mesmo “efeito”, e são vendidas como a “nova moda”. Ou seja, mudaram-lhe o nome e continuam a burlar as pessoas.

Acerca do autor(a)

Carlos Oliveira

Carlos F. Oliveira é astrónomo e educador científico.
Licenciatura em Gestão de Empresas.
Licenciatura em Astronomia, Ficção Científica e Comunicação Científica.
Doutoramento em Educação Científica com especialização em Astrobiologia, na Universidade do Texas.
Criou e leccionou durante vários anos um inovador curso de Astrobiologia na Universidade do Texas.
É actualmente Research Affiliate-Fellow em Astrobiology Education na Universidade do Texas em Austin, EUA.
Trabalhou no Maryland Science Center, EUA, e no Astronomy Outreach Project, UK, recebeu dois prémios da ESA, e realizou várias palestras e entrevistas nos media.

6 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Luís Carrilho

    já era de esperar! tenho alguns colegas de trabalho que chegam a usar duas, já lhes expliquei que isto era uma aldrabice, mas enfim….continuam a insistir que sentem diferença quando usam. quero ver a cara deles quando lerem a noticia

  2. Marco J.

    A partir do momento em que há gente que gosta de ser enganada, nada se pode fazer senão assistir à palhaçada sentado no balcão…

  3. Pedro Moreira

    O que acho pior é que pulseiras deste tipo encontrarem-se à venda em algumas farmácias e parafarmácias… uma vergonha…

  4. Rubens

    Além de fraude, são feias demais, tenho um amigo que vendia essas pulseiras e dizia que funcionava e bla bla bla, depois que eu falei que era falsa e mostrei o porque, ele começou a usar elas como elástico pra prender um baralho dele rsrs

  5. Carlos Oliveira

    Já o ano passado tinham admitido ser uma vigarice: “as nossas alegações sobre o artigo não têm base científica e que por isso incorremos numa conduta enganosa”.

    Agora, num processo judicial nos EUA, a empresa que vende estas pulseiras foi condenada a pagar 57 milhões de dólares de multa, por andarem a vigarizar a população:

    http://www.publico.pt/Sociedade/power-balance-multada-em-42-milhoes-de-euros-1522043
    http://www.dn.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=2140981&seccao=Dinheiro+Vivo

    E vai ter de declarar falência.

  1. Rede Energética Pesca “peixe” miúdo » AstroPT - Informação e Educação Científica

    [...] gente enganada com o mesmo método das pulseiras do equilíbrio e um vendedor que fala muito mas não diz nada, aliás diz uma série de frases sem sentido para [...]

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>